Ecurie de Tours

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Ecurie de Tours

Mensagem  Simon de la Croix em Ter Dez 27, 2016 12:07 pm

Tópico destinado à história e estatísticas da equipe francesa.
avatar
Simon de la Croix

Mensagens : 14
Data de inscrição : 19/11/2016
Idade : 97
Localização : Tours, França

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

História

Mensagem  Simon de la Croix em Ter Dez 27, 2016 1:39 pm

A Ecurie de Tours iniciou sua história ainda antes da Segunda Guerra, em 1929. Jean-Pierre de la Croix, o fundador, começou a vender carros em Paris, aos 28 anos. Sua loja, a Tours Automobiles, cujo nome fazia referência à sua cidade natal, era especializada em carros de luxo e esportivos. Não demorou muito para que o nome Tours aparecesse em suas primeiras corridas de Grand Prix, em carros da loja alugados por clientes. A estréia ocorreu no GP de Pau de 1930, com um Bugatti 37A pilotado por Jean-Pierre Wimille.
A parceria com o talentoso piloto francês rendeu a primeira vitória em 1932, no GP de Lorraine. O sucesso seguiu nos anos seguintes com mais 13 vitórias, todas com Wimille ao volante de modelos Bugatti, incluindo duas edições das 24 Horas de Le Mans (1937 e 1939).
Com o início da Segunda Guerra, Jean-Pierre de la Croix e seu filho Simon, de apenas 19 anos, alistaram-se no exército francês para combater nos alemães. Os negócios foram abandonados. Jean-Pierre e Simon lutaram até o fim contra a ocupação nazista, porém somente Simon sobreviveu.
Após a Guerra, aos 25 anos, Simon teve que assumir a responsabilidade pela família, onde ainda restava sua mãe Françoise e suas irmãs, Christine e Abigail. De volta à cidade natal de Tours, Simon iniciou a recuperação dos negócios da família abrindo uma oficina de automóveis em 1946. A habilidade nos negócios herdada do pai fez com que a oficina crescesse e atendesse toda a região do Loire, passando também a vender carros.
Em 1948, Simon cogitou a possibilidade de voltar à participar de corridas, contatando Wimille para correr em seus carros. Porém, o francês já tinha acordo para correr pela Alfa Romeo e negou a proposta. Os dois mantiveram contato e no final do ano o piloto francês finalmente aceitou a proposta para correr pela equipe de Tours, a partir do GP de San Remo de 1949. Mas o destino não quis que a parceria fosse reeditada: Wimille morreu em um acidente nos treinos para o GP de Buenos Aires, em janeiro daquele ano.
Já tendo adquirido três Talbot-Lago T26C para voltar às corridas, Simon de la Croix, apesar de abatido, teve que ir atrás de outro grande piloto para suprir a falta de Wimille. Foi quando ao acaso encontrou o aposentado Rudolf Caracciola assistindo ao GP da Suíça e lhe fez uma proposta para retornar às pistas. Parado desde 1946, após um acidente em Indianapolis, o multicampeão alemão sentia falta das corridas e resolveu anunciar sua volta. Assim ressurgiu então a Ecurie de Tours, que estará de volta às pistas em 1950 no recém-formado Campeonato Mundial de Formula 1, a iniciar com o GP da Grã-Bretanha, em Silverstone.
avatar
Simon de la Croix

Mensagens : 14
Data de inscrição : 19/11/2016
Idade : 97
Localização : Tours, França

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

O Logo

Mensagem  Simon de la Croix em Ter Dez 27, 2016 1:45 pm



O logo da Ecurie de Tours possui as cores do brasão da cidade (preto, azul e amarelo) e tem como figura central o martelo de guerra. O artefato faz alusão a Charles Martel, que salvou a França da ocupação muçulmana na batalha de Tours, em 732. A flor-de-lis encravada no martelo representa a França, sendo um símbolo da nobreza francesa.
avatar
Simon de la Croix

Mensagens : 14
Data de inscrição : 19/11/2016
Idade : 97
Localização : Tours, França

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Ecurie de Tours

Mensagem  Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum